Apresentação

Entre os anos de 2011 e 2012, a prefeitura de Goiânia formalizou a adesão, junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), na iniciativa "Cidades Emergentes e Sustentáveis", que visa estabelecer metas dentro de um plano de trabalho e geração de índices gerais que possam ser tanto acompanhados quanto alimentados pela sociedade em geral.

 

Agora em 2013, o BID se associou com Rede Nossa São Paulo para desenvolver em Goiânia a nova etapa da iniciativa encaminhada pelo banco e pela prefeitura de Goiânia. Trata-se de um processo em que nós acreditamos ser fundamental promover o envolvimento da sociedade civil organizada, de setores empresariais com responsabilidade sócio-ambiental no território onde atuam, de universidades, especialistas e de lideranças comunitárias, de forma que a ética da co-responsabilidade possa ser implementada em amplo sentido, consolidando a cultura cidadã em geral.

 

Para isso, o conjunto destes atores sociais devem se capacitar e desenvolver instrumentos e práticas locais para realizar o monitoramento da evolução de vida, das políticas públicas e da execução orçamentária, por meio de indicadores de resultados acessíveis em plataformas on-line, proporcionando e incentivando ampla divulgação nos meios de comunicação, de forma que parcela significativa da população possa tomar conhecimento e interagir com as políticas municipais, seus impactos e resultados ao longo da gestão, assim como desenvolver capacidade de avaliação destas políticas. Daí a importância de se construir uma rede de monitoramento da sociedade civil local como parte constituinte das políticas municipais apoiadas pela Iniciativa Cidades Emergentes e Sustentáveis.